Postado por admin    27 de jul de 2016    Sem Comentários

Se você pretende morar de aluguel ou é dono de um imóvel que está vago para locação, tem que ficar atento às regras e condições que existem nesse processo. É importante saber quais informações precisam estar no contrato, quem paga o condomínio e o que fazer caso apareça alguma reforma inadiável. Para ficar por dentro dos direitos e dos deveres tanto do locador (o dono do imóvel) quanto do locatário (quem mora de aluguel), confira nossas dicas:

SOBRE O CONTRATO DE ALUGUEL

1. O que é o contrato de aluguel ou de locação?

É o documento que passa para o inquilino (ou locatário) o direito de morar temporariamente em um imóvel que não é dele. Além disso, o contrato também mostra os direitos e os deveres de cada um.

2. Que informações o contrato de aluguel precisa ter?

Não existe uma regra geral, mas algumas informações básicas são importantes. É o caso de informações pessoais do inquilino e dolocador, a descrição do imóvel, a duração e o valor do aluguel, além de explicações sobre quem pagará os encargos, como IPTU, condomínio e etc.

 

3

3. O inquilino pode sair do imóvel antes de o contrato terminar?

Sim, desde que ele pague a multa prevista no contrato para esta situação e, normalmente, a multa é maior quando o contrato ainda está no começo.

4. É possível aumentar o prazo do contrato de locação?

Se o contrato de aluguel chegar ao fim e o inquilino continuar no imóvel por mais trinta dias, o dono da casa pode concordar com essa situação e deixar o prazo “indeterminado”. No entanto, quem está morando no imóvel precisa regularizar o prazo para garantir os direitos que tem.

 

20140710-195746

5) Qual garantia o inquilino precisa dar para conseguir alugar o imóvel?

Saiba que você não é obrigado, por lei, a apresentar garantias, mas dificilmente o proprietário aceitará o acordo sem ter alguma segurança. Confira as três principais garantias utilizadas nos contratos de locação:

Depósito Caução: Valor que você paga antecipadamente para garantir que o proprietário não terá prejuízos. Ele costuma ser três vezes o valor do aluguel e é depositado em uma conta poupança. No final, o locador tem que devolvê-lo com a correção da poupança.

Fiador: Um terceiro, que pode ser parente ou amigo de quem vai morar de aluguel, se compromete a cobrir a parcela, caso o inquilino atrase o pagamento.

Seguro de fiança: Pode ser pago à vista ou mensalmente. Costuma ter um valor um pouco maior que uma parcela do aluguel.

 

02F5379316) Quem deve pagar o IPTU, o condomínio e demais taxas: locador ou locatário?

A lei determina que o IPTU seja pago por quem mora de aluguel no imóvel, assim como os gastos normais do condomínio, No entanto, algo pontual, como o dinheiro para consertar um elevador, deve ser pago pelo dono. Lembre-se que sempre vale o que está no contrato, mesmo que seja um acordo diferente do que diz a lei.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *